poesia

poesia

6 de fevereiro de 2012

Fado: Os teus beijos meu amor!









Os teus beijos, meu amor,
são de minh'alma o sustento,
supra aroma do sabor,
e deles sempre sedento.

São teus beijos, meu amor,
sopros de vida, elixir,
morfinas p'ra minha dor,
a razão de eu existir.

Ai amor, esses teus beijos,
são em modos, sinfonia,
e na pauta dos desejos,
tratados de fantasia.

Meu amor, são os teus beijos,
de minha vida, poções,
são fantasia de almejos,
um desfralde d'emoções.

E quando desta me for
põe-me beijos na bagagem,
e assim possa, meu amor,
poder ter-te na viagem.

1 comentário:

  1. ...E de beijos em beijos,tal qual um beija flor, vamos vivendo.Poema lindo!!!

    ResponderEliminar